Projeto ‘Caixa Solidária’ chega em Lagos e arrecada alimentos e roupas para quem precisa

Projeto ‘Caixa Solidária’ chega em Lagos e arrecada alimentos e roupas para quem precisa

O projecto que está a se espalhar pelo País, e de forma criativa a caixa tornou-se um frigorífico. E claro que a Marcela Propriedades não deixaria de colaborar

A iniciativa partiu da moradora Andreia Lourenço, que abraçou o projecto e iniciou primeiramente com algumas caixas espalhadas pela cidade. Cada uma delas coordenada por uma pessoa.

“Mas cedo me apercebi que não era o ideal, pois ficava exposta ao sol, chuva, cães, gatos.... e era também demasiado pequena, surgiu-me, então, a ideia de pegar num frigorífico meu e de o pintar”. A ajuda da voluntária Filipa Baptista foi essencial, ela realizou toda a pintura do frigorífico e assim surgiu essa linda 'caixa solidária'.

Ela nos contou que sentiu a necessidade de chamar mais pessoas e envolver a comunidade nesse projeto. “Convidei amigos e criámos uma equipa, que garante que o frigorífico é abastecido pelo menos 2 vezes por dia. Com bens alimentares, roupa, miminhos. Falámos com os vizinhos e temos a sua colaboração na limpeza e na sustentação do frigorífico solidário”.

 

Inspiração

Em termos pessoais, Andreia nos contou que o voluntariado sempre fez parte de sua vida. Sua mãe tem um projecto parecido com a Caixa Solidária em Portimão (que entretanto cresceu para outras áreas), já há 15 anos.

No dia das crianças, celebrado na última segunda-feira(01/06/20), a caixa solidária teve uma ordenação especial: “ Pegamos em lençóis velhos e fizemos saias e capas de super heróis, para oferecer às crianças; e enchemos o frigorífico com brinquedos, roupa e miminhos especiais do dia”.

 

“Amar o próximo é a maior prova de humanidade”

A Marcela Propriedades se encanta com projetos locais que inspiram e movem a comunidade de forma a despertar o que há de melhor em cada um de nós. E claro, que não deixariamos de contribuir.

Abastecemos o frigorífico e cada pessoa poderá levar consigo uma sacola com alimentos dentro.

Acreditamos que com solidariedade e cooperação, chegaremos mais longe e principalmente nesses tempos, devemos contribuir e partilhar com quem mais precisa.